Mercado de Arte terá sua segunda edição neste sábado no Espaço Cultural - WSCOM

menu

Entretenimento

15/06/2006


Mercado de Arte terá sua

A Funesc realizará a segunda edição do Mercado de Artes neste sábado, dia17, cujo evento se constitui numa grande feira de artes plásticas em geral e acontecerá das 14 às 20h, no Mezanino 2. Trata-se de um evento que oferece espaço para artistas, iniciantes ou já consagrados, mostrarem sua

produção, nas várias categorias e técnicas de manufatura da modalidade. E assim, o público poderá conferir desenho, pintura, escultura, gravura, fotografia, porcelana, joalheria, tapeçaria, objeto, design, etc, produzidas no Estado da Paraíba.

Integrando a programação deste sábado, no Espaço Cultural, estão agendadas: uma palestra do artista Raul Córdula, sobre Tendências do Mercado de Artes Hoje, às 16h, no Auditório Verde onde os participantes poderão interagir com o palestrante; exibição no Cine Bangüê,do filme “A moça do brinco de pérola”, com sessão às 18h; oficina de criatividade

destinada as crianças, além de uma feira de livros que reunirá uma grande diversidade de títulos sobre artes plásticas. O coordenador do Mercado de Artes , Diógenes Chaves, orienta que os artistas interessados em participar do evento se dirijam à Galeria de Artes Archidy Picado, com

antecedência, a fim de preencherem a ficha de inscrição, para fins de organização do espaço,mas,acrescenta que o cadastro poderá também ser feito momentos antes da abertura.

O objetivo do evento, segundo Diógenes, é incentivar o colecionismo de arte entre a população local, além de investir na formação do artista através da oferta de palestras e mini-cursos gratuitos. Outro ponto, destacado por ele, é que o Mercado de Arte poderá, também, abrir outras portas aos artistas através do incentivo à formação e ao associativismo.

Diógenes acrescentou ainda que a idéia da comissão organizadora é realizar de forma permanente o Mercado de Arte. “O prédio moderno do Espaço Cultural José Lins do Rego possui as características ideais para um evento aberto e espontâneo com o objetivo de mostrar obras de arte ao ar livre. É também lugar seguro, coberto e amplo. O imenso espaço livre da Praça do Povo, com seus 6.480 m2 de área, oferece a possibilidade de se montar uma enorme exposição de arte, com dezenas de artistas ao mesmo tempo”, prossegue e arremata: “Artistas jovens ou ainda desconhecidos do público, livreiros e sebos

dedicados à arte, antiquários, retratistas que trabalham nas ruas e outras categorias necessitam de um evento, com freqüência de realização garantida, onde o contato com o público possa dar-lhes chances de divulgar seu trabalho e até de vender sua produção diretamente com os interessados,

sem atravessadores, resultando num incremento ao turismo e ao mercado de arte”.

Notícias relacionadas