'Marido maravilhoso', diz viúva de motorista assassinado junto com Marielle Franco - WSCOM

menu

Policial

15/03/2018


‘Marido maravilhoso’, diz viúva de motorista assassinado junto com Marielle Franco

Anderson Pedro Gomes foi atingido por pelo menos três tiros na lateral das costas

O motorista Anderson Pedro Gomes, que dirigia o carro em que estava a vereadora Marielle Franco (PSOL) e também foi assassinado na noite desta quarta-feira, era visto como “um pai muito amoroso” e “um marido maravilhoso” por sua família. A viúva dele, Ágatha Arnaus Reis, afirmou, em entrevista ao “Bom Dia Rio”, da TV Globo, que ainda está sendo difícil aceitar o que aconteceu.

“Anderson era uma pessoa muito boa, ele ajudava todo mundo no que ele pudesse. Um pai muito amoroso, um marido maravilhoso. E, como muitos nesse estado atual, fazendo bico pra tentar sustentar a família. Eu sou funcionária pública do estado. A gente tá vivendo um momento horrível. E Deus levou meu marido, não sei com que propósito. Ainda é difícil aceitar”, lamentou Ágatha.

Anderson e a vereadora foram mortos a tiros após o carro em que estavam ter sido atingido pelo menos nove vezes. O motorista foi atingido por pelo menos três tiros na lateral das costas, enquanto Marielle foi assassinada com cinco tiros na cabeça. Nenhum pertence foi levado. A principal linha de investigação é execução.

Policiais da Divisão de Homicídios (DH) que investigam o assassinato da vereadora acreditam que os responsáveis pelo crime já sabiam o lugar exato que a parlamentar ocupava dentro do carro: no banco traseiro à direita. Segundo agentes da especializada, os disparos foram feitos de trás para frente do veículo e entraram pela janela lateral traseira. Por estar na linha de tiro, o motorista também foi alvejado. O carro, um Chevrolet Agile branco, tem vidros escurecidos.

O Globo

Notícias relacionadas