Kallás: Filipe Luís vai passar por cirurgia e pode voltar a jogar em dois meses - WSCOM

menu

Futebol

16/03/2018


Kallás: Filipe Luís vai passar por cirurgia e pode voltar a jogar em dois meses

Jornalista brasileiro acredita que lateral-esquerdo tem chances de jogar a Copa do Mundo

Reviravolta no caso Filipe Luís. O jornalista brasileiro Fernando Kallás, do diário espanhol “AS”, informou em entrada ao vivo no programa Redação SporTV nesta sexta-feira que o lateral-esquerdo tem, sim, chances de jogar a Copa do Mundo. O jogador do Atlético de Madrid vai passar por uma cirurgia para acelerar a recuperação da fratura na fíbula da perna esquerda sofrida na vitória sobre o Lokomotiv Moscou, quinta, pela Liga Europa.

– Com o passar da manhã, apurando com três fontes, confirmaram-me que fizeram exames e, pela localização da fratura, no centro do osso, ele pode passar por uma cirurgia. Claro que tem cautela, mas existe um otimismo muito grande que ele possa voltar em dois meses, oito semanas, e estar totalmente recuperado, jogando – disse.

Inicialmente, a previsão era que Filipe Luís estaria fora da Copa do Mundo e corria o risco até de perder a pré-temporada com o Atlético de Madrid. Ele se lesionou ao tentar evitar uma finalização do português Éderzito (autor do gol do título de Portugal na Eurocopa), que atingiu a sua perna e ocasionou a fratura.

– A notícia que parecia péssima não é tão ruim assim. É como o caso do Neymar: a cirurgia acelera a recuperação. Tem cautela, mas tem otimismo que o Filipe Luís pode voltar a jogar em oito semanas A questão é a localização da fratura: por ser central, dá essa possibilidade ao Filipe – reiterou Kallás.

Kallás relembrou ainda o drama vivido por Filipe Luís nas últimas duas Copas dos Mundo:

– Na Copa de 2010, ele começou a ser convocado pouco antes e não foi chamado, mesmo parecendo certo. Ele fraturou o tornozelo e ficou fora. Em 2014, foi mais estranho ainda, porque ele ficou na lista o tempo todo, e na hora da Copa, o Dunga levou o Maxwell. Nessa época ele era unanimidade, foi inexplicável a ausência dele. Ficar muito próximo das três Copas e não ir é muito complicado. O único que está envolvido pessoalmente nisso é ele próprio. É um jogador que por pouco pode perder a terceira Copa do Mundo.

Notícias relacionadas