Intervenção Federal pode atrasar processo de privatização da Eletrobrás - WSCOM

menu

Política

19/02/2018


Intervenção Federal pode atrasar processo de privatização da Eletrobrás

O presidente da comissão será o deputado Hugo Motta (MDB-PB)

O decreto de intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio pode atrapalhar os planos de privatização da Eletrobrás, embora não tenha efeito direto sobre o processo. A prioridade no Congresso agora passa a ser a pauta da segurança pública, como disse o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele citou, na sexta-feira, 16, a necessidade de endurecer e modernizar leis relacionadas ao tráfico de drogas e armas e de integração do sistema de segurança nacional.

O relator da proposta de privatização da Eletrobrás na Câmara, deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), disse que mantém a intenção de votar o projeto de lei na segunda metade de abril.

“Claro que temos de ouvir as pessoas: governo, economistas, especialistas. Mas acho possível prepararmos o relatório e votarmos em abril. Foi o que combinei com Maia”, afirmou ao Estadão/Broadcast.

O presidente da comissão será o deputado Hugo Motta (MDB-PB).

Clique AQUI e confira a publicação na íntegra.

Notícias relacionadas