Homem que matou e tocou fogo na esposa é condenado a 25 anos de prisão - WSCOM

menu

Policial

28/03/2018


Homem que matou e tocou fogo na esposa é condenado a 25 anos de prisão

Réu foi condenado após julgamento realizado em Patos, no Sertão da Paraíba

Um homem acusado de matar e queimar o corpo da esposa na frente dos filhos em 2013 foi condenado a 25 anos de prisão após júri popular realizado em Patos, no Sertão paraibano, na terça-feira (27). Edmilson Souza da Costa matou Maria do Céu, que na época era presidente da Associação das Louceiras Negras da Serra do Talhado.

À época, o crime ficou conhecido como Céu das Loceiras. Após o resultado do júri, a sobrinha de Maria do Céu, Janaína Santos, comentou que a justiça foi feita quase cinco anos depois. Ela destacou que a tia representava uma comunidade, tendo vista que também a associação tem ligação com a herança quilombola.

“Sabemos que foi um crime cruel, sem chance de defesa da vítima, por motivo torpe. Eu enquanto sobrinha de Maria do Céu, acredito que ela representava toda uma comunidade, uma população. Por isso queríamos a justiça”, comentou.

Ainda de acordo com a sobrinha da mulher morta pelo marido, o desfecho do júri gerou alívio aos familiares e ao mesmo tempo angústia, por ter passado muito tempo entre o crime e o julgamento final. “Foi muito tempo lutando para que a justiça fosse feita”, concluiu Janaína Santos. Edmilson Souza da Costa vai cumprir pena no presídio de Patos.

As informações é do G1.

Notícias relacionadas