Elba atrai multidão em Bananeiras, recebe Medalha e pede voto para Ronaldo Cunha - WSCOM

menu

Entretenimento

23/06/2006


Elba atrai multidão em Bananeiras,

A área pública do Canal, em Bananeiras, onde está instalado palco e camarotes para o São João da cidade, um dos mais animados da região, atraiu, ontem, uma multidão para assistir ao show da cantora e compositora Elba Ramalho, que recebeu ainda a Medalha Escritor Edilberto Coutinho. Em fala para o público, ele lembrou os tempos de dificuldades no Rio quando conheceu Ronaldo Cunha Lima há 30 anos atrás. Depois pediu que, quem pudesse retribuir sua gentileza, era um nome adequado para a representação popular.

O show serviu para Elba Ramalho superar um desconfortável problema gerado na edição deste ano do Muriçocas do Miramar pois, mesmo com contrato acertado, houve movimento contrário à presença da artista por fazer restrições ao projeto de transposição de águas do Rio São Francisco. Sua apresentação em Bananeiras foi também a única prevista na agenda da artista.

Elba Ramalho levou a multidão ao delírio interpretando músicas famosas de seu repertório e de outros artistas, como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Vital Farias. O repertório de canções populares ligadas aos folguedos juninos também fez o público dançar ao longo do Canal.

Medalha – Depois do show, que a fez voltar ao palco para interpretar com voz e violão, o ‘hino’de Zé Ramalho – Avoihai, Elba Ramalho foi homenageada pela prefeita Marta Ramalho que, com o poeta e deputado federal Ronaldo Cunha Lima, fizeram a entrega da Medalha Escritor Edilberto Coutinho – um dos intelectuais mais festejados no Rio de Janeiro.

No agradecimento, Elba lembrou os tempos de dificuldades anos atrás quando chegou no Rio de Janeiro – fase em que conheceu Ronaldo Cunha Lima. Mais na frente comentou que ele merece a retribuição pela representatividade popular.

Notícias relacionadas