EducaMais traz detalhes do Enem 2019 e 'participante ‘treineiro’; veja - WSCOM

menu

Educação

06/05/2019


EducaMais traz detalhes do Enem 2019 e ‘participante ‘treineiro’; veja

De acordo com o edital, “o participante ‘treineiro’ estará submetido às mesmas regras que os demais participantes.

Imagem divulgação

Começa hoje (6) o período de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019.  Os interessados devem acessar a Página do Participante para realizar o procedimento. Segundo edital, é necessário informar, entre outros dados, o número de CPF, data de nascimento, endereço de e-mail único e válido, além de telefone para contato.

 

As provas devem acontecer em 03 e 10 de novembro. Para realizá-las, a inscrição no Enem 2019 deve ser feita por todos os interessados, inclusive quem foi contemplado com a isenção. Participantes que não obtiveram o benefício devem arcar com a taxa de R$ 85, que deve ser paga até o dia 23 de maio. Podem participar do exame estudantes que estão em vias de conclusão do Ensino Médio neste ano ou que já finalizaram esta etapa.

 

Treineiro

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também permite a inscrição de “treineiros”, como são chamados os participantes que concluirão o Ensino Médio após o ano letivo de 2019 ou que não estão cursando e ainda não concluíram esta etapa.

 

Saiba mais: quem são os treineiros do Enem

Saiba mais: como funciona a inscrição do treineiro do Enem

 

De acordo com o edital, “o participante ‘treineiro’ estará submetido às mesmas regras que os demais participantes, exceto quanto à divulgação dos resultados, que por ser para fins de autoavaliação de conhecimentos, serão divulgados 60 (sessenta) dias após a divulgação dos resultados do Exame”.

 

Acesso ao Ensino Superior

O resultado do Enem 2019 pode ser utilizado para se inscrever nos programas de acesso ao ensino superior. Confira abaixo:

 

SiSU: o Sistema de Seleção Unificada acontece duas vezes ao ano e seleciona estudantes que cursarão a graduação em Instituições de Ensino Superior (IES) públicas do país. Na primeira edição deste ano, o SiSU 2019 ofertou 235 mil vagas em 129 IES.

 

Prouni: o Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece bolsas de estudo parciais e integrais em instituições privadas de ensino superior do país. Em geral, acontecem duas edições por ano e, no início deste ano, foram ofertadas 243.888 vagas em 1.239 faculdades do Brasil. Entre os critérios adotados para a concessão de bolsa estão a nota do Enem e a renda de cada candidato.

 

Fies: o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) permite a contratação de um “empréstimo” para o estudante cursar a graduação em instituições privadas. O financiamento pode ser concedido por meio do Ministério da Educação (MEC), a juros zero, ou por meio de instituições financeiras, com juros definidos pelas mesmas.

 

Tunísia Cores – Agência Educa Mais Brasil
Portal WSCOM