Delegado Wagner Dorta recebe Título de Cidadão Paraibano - WSCOM

menu

Paraíba

15/04/2018


Delegado Wagner Dorta recebe Título de Cidadão Paraibano

Dorta possui um histórico grandioso com incomensurável serviços públicos desempenhados na Paraíba, principalmente nas áreas de investigação criminal e gestão pública

O delegado de Polícia Civil Wagner Paiva de Gusmão Dorta (imagem), atual secretário de estado da Administração Penitenciária da Paraíba, conquista o título de cidadão paraibano.

Natural de Natal/RN, Wagner exerceu grande parte de sua atividade profissional na Paraíba e neste estado se destacou com relevantes serviços produzidos que melhoraram a estrutura da defesa social paraibana.

A Assembleia Legislativa da Paraíba, através da Lei nº 11.102, de 12 de abril de 2018, reconheceu o delegado Wagner Dorta como laureado cidadão do Estado da Paraíba.

O autor do projeto de lei foi o deputado estadual Raniery Paulino que, de forma oportuna e apropriada, elencou essa valorosa comenda ao delegado Wagner Dorta. O governador da Paraíba Ricardo Coutinho endossou essa tributo assinando e publicando a lei.

Dorta possui um histórico grandioso com incomensurável serviços públicos desempenhados na Paraíba, principalmente nas áreas de investigação criminal e gestão pública.

Veja o currículo de Wagner Dorta:

Secretário de Estado da Administração Penitenciária da Paraíba. Delegado da Polícia Civil. Ingressou na Polícia Civil no ano de 2006. Cinco anos depois, assumiu a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) em Campina Grande/PB, onde prestou relevantes serviços à população da região. Comandou as ações do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil e foi delegado titular da Delegacia de Repressão à Entorpecentes (DRE) da capital. Em 2011 foi Superintendente Regional da 2ª REISP em Campina Grande, Paraíba, Brasil. Nos anos de 2012 a 2014 foi Superintendente Regional da 1ª REISP, em João Pessoa, Paraíba, Brasil. Elogiado pelo excelente trabalho desenvolvido pela equipe de policiais civis e os resultados positivos alcançados na Operação Policial que prendeu o Perigoso Pistoleiro Marcos Antonio Borges de Souza, vulgo “Antonio Cabeça” no dia 16 de junho de 2009, no distrito de Galante/Campina Grande – PB. Elogiado em em 30 de maio de 2010, pela Operação Colosso. Elogiado em 12 de dezembro de 2011, reconhecendo o excelente trabalho, pelo empenho e dedicação focados em resultados consistentes na diminuição dos índices de criminalidade, em virtude da atuação eficiente no combate aos assaltos e furtos qualificados (explosões por meio de dinamites) a agências bancárias no Estado da Paraíba, por meio de diversas operações policiais, tais como BORBOREMA, TNT, TNT2, VARREDURA, entre outras. Elogiado em 04 de março de 2011 pelo Governo do Ceará pelo excelente empenho em quando atuou na prisão de sequestradoras e liberação das vítimas sem pagamento de resgate. Medalha recebida em 21 de agosto de 2017 pelos relevantes serviços prestados a Polícia Civil da Paraíba. Eleito para compor o Rol dos Melhores Delegados de Polícia do Brasil, Censo 2017, na Categoria Gestão Pública. Título de Cidadão Paraibano concedido em 12 de abril de 2018.

Com informações da Agenda Paraíba

Notícias relacionadas