Copa começa a definir nesta terça confrontos das oitavas - WSCOM

menu

Mais Esporte

20/06/2006


Copa começa a definir nesta

Depois de dez dias de disputa, a Copa do Mundo começa a entrar na reta decisiva. Nesta terça-feira já serão definidos dois confrontos das oitavas-de-final da competição. E os resultados dos jogos do dia podem definir um encontro entre duas seleções campeãs mundiais logo no início da segunda fase.

Dona da casa, a Alemanha entra em campo às 11h (de Brasília) em Berlim contra o Equador em busca da vitória para fugir da Inglaterra nas oitavas-de-final. Em segundo lugar no grupo A, o time precisa dos três pontos para ultrapassar os rivais e assim escapar dos ingleses, favoritos a ficarem com o posto de campeões do grupo B.

Nos dois primeiros jogos que fez na Copa, a Alemanha não convenceu. A defesa falhou bastante na estréia, quando o time bateu a Costa Rica por 4 a 2, e o ataque quase não funcionou no segundo jogo, marcando apenas nos acréscimos na vitória de 1 a 0 sobre a Polônia.

Já o Equador, que entrou na disputa como azarão, mostrou muita consistência em suas duas primeiras partidas. Na estréia, ganhou da Polônia por 2 a 0. Depois, bateu a Costa Rica por 3 a 0. Sem tomar gols, acredita que pode segurar um empate com a Alemanha e assim ficar em primeiro lugar no grupo.

Entretanto, o time parece não estar preocupado com o resultado desta terça-feira. O técnico equatoriano Luis Fernando Suárez usa o velho chavão de não escolher adversários no caminho do Mundial.

“Os dois times são iguais. Respeitamos, mas não temos medo de ninguém”, disse, quando questionado sobre qual adversário que preferia enfrentar na segunda fase.

Mas para a Alemanha, ficar em primeiro lugar é questão de honra. Além de evitar um confronto precoce contra um campeão mundial (alemães e ingleses decidiram o título de 1966, em uma das mais polêmicas finais de Copa), os donos da casa querem seguir o roteiro planejado desde o sorteio da tabela, quando fizeram lobby para que um eventual encontro com o Brasil só ocorresse na final (levando em conta que as duas seleções ficaram em primeiro lugar nos seus grupos).

De qualquer forma, independentemente do resultado da partida entre Alemanha e Equador, a Inglaterra poderá escolher o seu adversário nas oitavas-de-final. Como entra em campo depois, às 16 h (de Brasília), a seleção inglesa já saberá o que precisará fazer para pegar alemães ou equatorianos.

O rival da Inglaterra na partida desta terça-feira é a Suécia, que precisa apenas de um empate para se classificar. Como a igualdade também dá aos ingleses a primeira posição do grupo, o temor de Trinidad e Tobago, o outro time que luta pela vaga e que no mesmo horário enfrenta o Paraguai, é que os dois países façam um “jogo de comadres”. Aumenta o temor o fato da Inglaterra ser dirigida por um sueco, Sven-Goran Eriksson, e de estar há 38 anos sem vencer os adversários desta terça.

A própria Suécia pode tentar escolher um adversário, uma vez que entrará em campo ligada com o que estiver acontecendo no jogo entre Trinidad e Tobago e Paraguai. Já a seleção caribenha é a única que não tem escolha: tem que vencer a sua partida e torcer para a derrota sueca para ficar na segunda posição do grupo.

Notícias relacionadas