Confrontos de campeões mundiais nas quartas-de-final são destaques na imprensa i - WSCOM

menu

Internacional

30/06/2006


Confrontos de campeões mundiais nas

Os principais jogos em destaque são Argentina e Alemanha, que revivem duelo das Copas de 1986 e 1990, e Brasil e França, que jogam neste sábado também no clima de revanche pelo Mundial de 1998.

L’ Équipe, um dos principais jornais da França, anuncia que o jogo entre Alemanha e Argentina é um jogo de “cinco estrelas”, referente aos títulos conquistados pelas seleções (Argentina foi campeã em 1978 e 1986, enquanto a Alemanha levou a taça em 1954, 1974 e 1990). O jornal também faz uma enquete: “o time da França subirá ao pódium na Copa do Mundo?”. Até o momento, 55% dos internautas estão confiantes na seleção francesa.

O diário argentino Olé coloca Riquelme e Ballack frente a frente, e alerta: “outra vez uma final, ainda que nas quartas. Eles são os anfitriãos e até agora favoritos, mas fiquem de olho com a Argentina…”

O italiano “La Gazetta dello Sport” fala da disputa entre Francesco Totti, o astro da Roma, e Alessandro Del Piero, da Juventus. O primeiro começou a Copa, foi barrado pelo técnico Marcello Lippi nas oitavas-de-final contra a Suécia, mas acabou entrando e batendo o pênalti que classificou a Itália para o jogo desta sexta contra a Ucrânia.

Já a capa France Football tem Ronaldo e Zidane e a chamada “Os melhores inimigos do mundo”. A revista francesa também fala em “Zidane e Ronaldo, encontros sagrados” e pergunta: “A França pode bater o Brasil?”.

O “Mundo Deportivo”, da Espanha, anuncia os confrontos das quartas-de-final: “começa o maior espetáculo do mundo, com as quartas que vão entrar para a históra. Um choque entre seis campeões do mundo, ajuste de contas e os melhores craques em ação”.

O jornal “AS”, também da Espanha, publica entrevista com o lateral brasileiro Roberto Carlos. Ele também descarta o clima de revanche contra a França, diz que vai pedir para Zidane desistir da aposentadoria e que “a Argentina é outra fora de Buenos Aires”.

O também espanhol “Marca” destaca que, caso todos os jogadores especulados a chegar no Real Madrid sejam contratados, o clube desembolsaria 146 milhões de euros. Uma das promessas é o brasileiro Kaká, que recentemente divulgou a renovação de contrato com o Milan, da Itália.

O diário ainda fala sobre a situação do técnico Luis Aragonés, eliminado com a seleção espanhola, e diz que a Ucrânia busca um “milagre com a competitiva Itália”.

Notícias relacionadas