Chega a 6 mil número de mortos em Bagdá em 2006 - WSCOM

menu

Internacional

06/06/2006


Chega a 6 mil número

Os corpos de 6 mil pessoas, a maioria morta de maneira violenta, chegaram ao principal necrotério da capital do Iraque, Bagdá, neste ano, de acordo com dados do Ministério da Saúde do país.

O número, que tem aumentado mensalmente, chegou 1,4 mil em maio. Acredita-se que a maioria dos mortos foi vítima de violência sectária.

Mas observadores afirmam que o verdadeiro número de mortos pode ser ainda maior. Isso porque muitas vezes os mortos não são encontrados nem levados para o necrotério. Além disso, as números divulgados nesta terça se referem apenas a capital do país, a maior cidade iraquiana.

Um dos exemplos do grau de violência que vive o Iraque pôde ser conferido nesta terça, quando a polícia informou que foram encontradas nove cabeças decepadas perto de Baquba, ao norte de Bagdá, dias depois de descoberta semelhante o local.

Algumas das cabeças traziam os olhos vendados e já estavam em decomposição, o que sugere que as mortes ocorreram há alguns dias, segundo a polícia.

Não foi revelada a identidade das vítimas.

Notícias relacionadas