WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aliquam dapibus leo quis nisl. In lectus. Vivamus consectetuer pede in nisl. Mauris cursus pretium mauris. Suspendisse condimentum mi ac tellus. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Donec sed enim. Ut vel ipsum. Cras consequat velit et justo. Donec mollis, mi at tincidunt vehicula, nisl mi luctus risus, quis scelerisque arcu nibh ac nisi. Sed risus. Curabitur urna. Aliquam vitae nisl. Quisque imperdiet semper justo. Pellentesque nonummy pretium tellus.

Menu de navegação

/ Notícias / Brasil

9/4/14 - 4:18 PM


Espancado por moradores, suspeito de estupro morre em hospital do ES


Secretaria Estadual de Saúde disse que ele não resistiu aos ferimentos. Polícia Civil informou que não há denúncias registradas contra a vítima.

Morreu no Hospital Jayme dos Santos Neves na madrugada desta quarta-feira (9) o suspeito de ter cometido estupro no bairro Vista da Serra, no município da Serra, na Grande Vitória, e que foi espancado por moradores na tarde de domingo (6). Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) ele não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo do homem foi encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML) da capital, nesta manhã e aguardava para liberação da família.

A Polícia Civil informou que o quadro de agressão sofrida pelo jovem, de 17 anos, evoluiu para homicídio. Disse ainda que o crime será investigado pela Delegacia de Crimes contra a Vida de Serra, sob a responsabilidade do delegado Marcus Vinícius. Até esta quarta-feira, segundo a Polícia Civil, não havia denúncias registradas na delegacia contra a vítima.

O jovem foi apontado por moradores como suspeito de ter cometido estupro no bairro Vista da Serra, município da Serra, na Grande Vitória. Dois vídeos circularam nas redes sociais. O primeiro mostrava várias pessoas chutando o suspeito e, no outro, ele sendo levado por policiais militares. As imagens não foram divulgadas na reportagem por apresentarem cenas muito fortes.

A imagens compartilhadas mostram o suspeito deitado no chão, muito ferido, cercado por várias pessoas, entre adultos e crianças. Em certo momento, um homem o chuta na cabeça e outros moradores também o agridem. Durante boa parte do tempo, uma mulher grita "não mata, não mata", enquanto outros gritam palavras ofensivas e xingamentos.

Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada para atender a ocorrência e levou o suspeito de estupro para o hospital. Apesar de machucado, ele conseguiu ir andando até o carro.

G1







Revista Nordeste

Veja nesta edição: O Futuro do Brasil.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites