Aumento no número de horas trabalhadas aponta para expansão na indústria, diz CN - WSCOM

menu

Economia & Negócios

06/06/2006


Aumento no número de horas

O número de horas trabalhadas na produção industrial cresceu 0,69% em abril quando comparado com março e aponta tendência de expansão em 2006. Além disso, há sinais de que os estoques reduziram-se entre o fim de 2005 e o primeiro trimestre de 2006, o que abre espaço para a continuidade do crescimento industrial. Os dados são da pesquisa mensal Indicadores Industriais, divulgada hoje (5) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os números revelam otimismo dos industriais para este ano, de acordo com o gerente-executivo da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento da CNI, Renato da Fonseca. “Ano passado tivemos juros subindo, houve um freio na economia com a política monetária e esse ano está fazendo exatamente o inverso, os juros estão em queda, estimulando a economia e o setor externo continua com uma demanda elevada, apesar do real bastante valorizado”, afirma.

O economista da Unidade de Política Econômica da CNI Paulo Mol observa que existe um conjunto de fatores que levam à análise de tendência de um ano positivo. Além da trajetória de queda dos juros e da redução dos estoques, ele cita melhora na renda das famílias e espaço para o crescimento devido à folga no parque produtivo.

Notícias relacionadas