Anastácio dá ultimato: PT sem vice lançará candidatos ao Governo e Luciano Carta - WSCOM

menu

Política

26/06/2006


Anastácio dá ultimato: PT sem

O presidente estadual do PT, deputado Frei Anastácio, foi neste domingo, à noite, ao bairro do Altiplano – onde mora o senador José Maranhão, para dizer ao pré-candidato do PMDB que, se o PT não tiver a Vice, o partido vai lançar candidato ao Governo, inclusive – esta é a novidade – o vereador Luciano Cartaxo ao Senado. Na disputa proporcional, há movimento majoritário rejeitando aliança na proporcional com o PRB e o deputado Pastor Fausto.

A conversa foi provocada e conduzida particularmente por Anastácio deixando o senador surpreso e sufocado com o ultimato dado pelo PT, através do seu presidente regional.

Anastácio disse ainda ao candidato pemedebista que a condição de candidatura própria ao Governo implicará em novo nome para a disputa ao Senado, cuja novidade a ser apresentada pelo PT será o vereador Luciano Cartaxo.

– O PT tem história, dimensão nacional e um volume de valores que exigem a sua participação na majoritária da candidatura do PMDB ao Governo, se essa for o entendimento do candidato, pois do contrário vamos ter candidatura própria – comentou um diretoriano de força no PT.

O dirigente petista não se auto proclamou candidato, mas entre diversas tendências do partido, o nome em evidência na hipótese de lançar candidatura própria é exatamente do Frei Anastácio.

Proporcional – Tendências majoritárias estão acertadas contra a possibilidade de aliança na proporcional e com o deputado estadual Pastor Fausto.

O ex-presidente do PT, Adalberto Fulgêncio, confirmou a existência de resistência comum das várias correntes contra convivência com o deputado Fausto.

Notícias relacionadas