Alemanha elimina a Suécia em apenas 12 minutos - WSCOM

menu

Mais Esporte

24/06/2006


Alemanha elimina a Suécia em

A Alemanha está nas quartas-de-final da Copa do Mundo. Com um início de jogo arrasador, os alemães venceram a Suécia por 2 a 0 e vão enfrentar na próxima fase o vencedor de Argentina x México, qua acontece nesta tarde.

O torcedor alemão nem chegou a sofrer. A Alemanha fez sua melhor partida na Copa do Mundo até agora e não teve muito trabalho para vencer a Suécia por 2 x 0, neste sábado, em Munique, na partida que abriu as oitavas-de-final do Mundial 2006. Agora, os donos da casa esperam pelo vencedor de Argentina x México, que acontece ainda neste sábado e define o primeiro confronto das quartas-de-final.

Se nos últimos jogos o astro da Alemanha foi Klose, neste sábado ele teve um coadjuvante à altura. Contestado pelas fracas atuações no início da Copa, Podolski mostrou que está recuperado e fez os dois gols da vitória alemã. Contou, claro, com a ajuda de Klose, o goleador da Copa do Mundo com quatro gols. Dessa vez ele não balançou as redes, mas fez as jogadas dos dois gols e brilhou junto com o parceiro de ataque.

Empurrada pelos barulhentos torcedores, a Alemanha encurralou a Suécia em seu campo de defesa desde o primeiro minuto. Bastaram algumas trocas de passes para ficar claro que os germânicos estavam inspirados. Inspiração que se confirmou cedo, logo aos 4min, quando saiu o primeiro gol do jogo. Klose mostrou que também sabe jogar com os pés e fez linda jogada individual. Ele se enfiou entre dois marcadores e saiu na cara de Isaksson, que saiu nos pés do atacante e fez boa defesa. Mas a sobra ficou para Podoloski, que bateu firme e abriu o marcador. (Veja a animação do primeiro gol da Alemanha)

Sem dar tempo para o adversário respirar, a Alemanha manteve a marcação adiantada que impedia o time sueco de sair para o jogo. Aos 12min veio a justa recompensa pelo início de jogo avassalador dos alemães. Klose recebeu entre três zagueiros e mostrou talento mais uma vez. Com um leve toque, clareou o jogo para Podolski, que bateu na saída de Isaksson e ampliou a vantagem. (Veja a animação deste gol da Alemanha)

Insinuante no ataque e até certo ponto tranqüila na defesa, a Alemanha só levou dois sustos no primeiro tempo. Primeiro num chute de Larsson, que invadiu a área pela esquerda e bateu para fora, à direita do gol. Depois num chute de Ibrahimovic, que girou em cima do marcador e bateu para defesa de Lehmann.

Mas a tarde era mesmo da Alemanha, que aumentou sua vantagem com a expulsão de Lucic, depois de receber seu segundo cartão amarelo. Com um homem a mais, o time da casa ainda teve tempo de chutar duas bolas com perigo ao gol de Isaksson. Atento, o goleiro sueco fez boas defesas nos chutes de Klose e Frings, garantindo um pouco de sobrevida a seu time para o segundo tempo.

Notícias relacionadas