Agora vai: Haroldo se reúne com Maranhão para definir nome do vice até terça - WSCOM

menu

Política

11/06/2006


Agora vai: Haroldo se reúne

O presidente estadual do PMDB, Haroldo Lucena, informou que estará se reunindo com o senador José Maranhão (PMDB) entre esta sexta, 9 e a próxima terça, 13, para escolher qual será o vice do senador na disputa ao Governo do Estado. O PT estipulou o dia 17 (sábado) como data limite para definir se fará ou não uma aliança para o Governo do Estado.

Ele ponderou, porém, que a definição só sairá se o PT se mostrar propenso a fazer a aliança.

Em Brasília, inclusive, os petistas chegaram a citar os nomes do deputado federal Luiz Couto, do deputado estadual Frei Anastácio e de Giucélia Figueiredo como prováveis nomes indicados, durante uma reunião da Executiva Nacional com o Diretório Estadual da Paraíba.

Entretanto, o senador não se mostrou tão sensível às pressões internas do PT e garantiu que tem até o dia 30 de junho para anunciar o nome.

“Nós não queremos nos colocar nesse prazo fatal, nós vamos até o dia 30 para encontrar a melhor solução porque a pressa é inimiga da perfeição”, argumenta.

Mas garantiu que tanto o PT quanto o PSB têm uma grande ‘PIB político’ e quadros qualificados, com pessoas com atributos intelectuais e políticos para integrar a chapa.

Haroldo Lucena revelou que o senador vem costurando um acordo com os partidos de oposição para participar da chapa e esse acordo passa pelo PT, PSB e PC do B.

A idéia do partido ainda é buscar um candidato de consenso, para que na disputa entre os partidos na indicação do vice do senador, nenhum dos partidos da oposição venha a se afastar.

“Não é isso que nós queremos, nós queremos uma unidade e a unidade seria toda a oposição reunida”, ensina.

Apesar de tudo isso é possível que o nome já esteja definido, foi o que deu a entender o deputado Vital Filho (PMDB) na semana passada, durante a crise vivida pelos partidos por conta da decisão do Tribunal Superior Eleitoral sobre a verticalização.

Notícias relacionadas