menu

16/04/2019


O APRENDIZADO NO VALE DO SILÍCIO

Participamos desde o último final de semana da Silicon Valley Leaning Experience, no Vale do Silício (EUA). Como representante da Ofir Consultoria e F3 Import Export, empresas que atuo como proprietário e sócio, respectivamente, com foco no mercado imobiliário e no comércio exterior com importações e exportações para o mundo todo, tenho o orgulho de representar a Paraíba e ser o único empresário do Esatdo presente neste grandioso evento que acontece até o próximo dia 25.

 

O Silicon Valley Leaning Experience trata-se de uma imersão no local mais inovador do planeta, que está desafiando e reinventando todos os setores da economia a se reposicionarem para estarem atentas as mudanças do comportamento do consumidor e das tendências de mercado. São impressões 3D, carros autônomos, robôs, drones que portam humanos, inteligência artificial e hambúrguer feito de vegetais.

 

É um ambiente de muita tecnologia que vem convergindo em uma velocidade sem precedentes e provocando muitas transformações nos negócios do mundo todo. Nas últimas décadas o Vale transformou o mundo. Dos computadores pessoais ao Uber, a maioria das grandes inovações surgiu nessa região. No entanto, elas foram só a ponta do iceberg. Mudanças mais profundas virão, ainda mais rápidas e mais impactantes.

 

Teremos durante os 5 dias na terra da Inovação uma carga horária de atividades por dia de 12 horas, são 60 horas no total. Passará cada dia em um lugar diferente, além de visitar ambientes únicos, trocará experiências com visionários que reescrevem o mundo a partir do Vale do Silício conhecerá negócios disruptivos além do desenvolvimento de forte network com os participantes. Uma das atividades principais acontece a noite quando se formam grupos para sessões de mentoria voltados para projetos ousados e de livre escolha, com temas distintos, quando no último dia o grupo faz um pitch do que construíram durante a semana em um Demo Day característico da região.

 

Dos tópicos que serão abordados nas atividades, o que gera mais expectativa são: Inovação dentro das tradicionais empresas, Digital Marketing & Social Media, Modelos de colaboração entre startups e tradicionais empresas, como trabalham as aceleradoras que trabalham no Vale do Silício e a Economia Compartilhada.

 

Acredito que a educação é a mola propulsora que fomenta a mente dos empreendedores a inovarem os seus negócios, ela é capaz de nos propiciar novas alternativas estratégicas nos dando a possibilidade e a chance de alcançamos novos resultados.

 

Ainda vejo empresas querendo resultados diferentes fazendo as mesmas práticas de sempre. O resultado será o mesmo, não vão conseguir.

 

Eu gosto de uma frase do Maurício Bevenutti quando ele diz “A ausência de novas descobertas faz a sua imaginação se acostumar coma o pensamento médio e perder a magia do acaso e da inovação”. Para finalizar concordo com o pensamento do Larry Page, ilha o que ele afirma: vejo que algumas empresas não alcançam o sucesso ao longo do tempo. O que fazem de errado? Elas frequentemente esquecem também de olhar para o futuro”. O meu desejo é replicar o que aprender neste curso, replicando para o mercado e trazendo aplicabilidade prática para os nossos negócios. A nossa terra tem muita gente boa, capaz, competente, produtiva e com um empreendedorismo nato. Quero que eles também tenham acesso de alguma forma a tudo que for visto por la, isso nos engrandece mercadologicamente.

 

Deixo meu instagran @fabriciomarsicano, de lá já vou postando algo no meu stories, farei algumas transmissões ao vivo e postarei no feed também. Já me coloco a disposição para na minha volta fazer um talk para as empresas que assim desejarem.

Notícias relacionadas