Esportes

ABC bate JP Espectros e vence Liga Paraibana de Basquete Feminina

Na decisão, o Mais Querido bateu o JP Espectros por 68 a 57

Créditos: Raniery Soares/Liga Paraibana

O ABC Basquete Potiguar terminou a fase de classificação da Liga Paraibana de Basquete Feminina em último lugar, entre os quatro times participantes. Mas a equipe cresceu na competição nos playoffs, superou nas semifinais a AVB-PE na série melhor de três, e neste domingo sagrou-se campeã. Na decisão, o Mais Querido bateu o JP Espectros por 68 a 57, no ginásio da Vila Olímpica Parahyba, em João Pessoa.

As duas equipes fizeram um jogo bem disputado. O ABC saiu na frente e chegou a abrir 6 a 2. Mas o João Pessoa Espectros conseguiu a virada com três cestas seguidas de três pontos e fechou o primeiro quarto em 19 a 15.

O ABC impôs o ritmo no segundo quarto e passou à frente fazendo 35 a 31. Depois disso, a equipe potiguar manteve uma boa marcação e aproveitou os contra-ataques para administrar a vantagem: 47 a 43 no terceiro quarto.

No último quarto, o João Pessoa Espectros, que teve o desfalque de três jogadoras (duas machucadas e uma grávida, além do técnico Adriano Lucena por motivo pessoal), não conseguiu mais reagir. O ABC levou a melhor e venceu por 68 a 57 levando o título da primeira edição da Liga Paraibana de Basquete.

Para o técnico do ABC, Pedro Felipe, a equipe estava desacreditada após terminar na fase de classificação em último lugar. Mas comentou que as meninas conseguiram se superar no decorrer da competição e conseguiu concretizar o objetivo de ser campeão.

“Deixei minha filha de dois meses que acabou de nascer para está vindo aqui com elas. Tudo por amor a esse esporte. A gente não ganha nada para estar aqui e essas meninas estão aqui deixando o trabalho, deixando família e representando o Rio Grande do Norte. Muito feliz e orgulhoso delas”, comemorou Pedro Felipe, técnico do ABC.

O técnico interino do JP Espectros, Ricardo Prado, lamentou a derrota e destacou que os desfalques da equipe colaboraram para o resultado negativo na decisão. Principalmente por não ter jogadoras suficientes para substituir no decorrer da partida.

“Temos que parabenizar o ABC, um time que terminou em quarto lugar na primeira fase e foi campeão. Perdemos três atletas: Juliete, Patrícia e Larissa. Adriano, que é o nosso comandante teve que viajar. Então o substitui junto com Juliete, que é nossa atleta. Acho que essas meninas são umas guerreiras. Sem peça de reposição no banco tentamos segurar o jogo todo. Mas enfim. O jogo foi muito intenso e a partir do terceiro, quarto período, a equipe cansou. Elas chegaram ao limite”, disse Ricardo Prado.

Campanha do ABC Basquete Potiguar até a final

O ABC Basquete Potiguar teve duas derrotas e uma vitória na fase de classificação, terminando na última colocação entre os quatro times participantes. Nas semifinais, o adversário do Mais Querido foi a AVB-PE. Depois de dois empates, no terceiro confronto da série melhor de três, a equipe potiguar venceu no último sábado com um placar apertado de 55 a 54 e carimbou a vaga na decisão.

-------------- 

Da Redação com Assessoria


notícias relacionadas