Esportes

Vasco vence, rebaixa Joinville, e segue vivo no Campeonato Brasileiro

O resultado deixa o Vasco com 37 pontos, apenas um a menos do que o Avaí, que é o primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

O Vasco voltou ao palco da queda de 2013. A derrota por 5 a 1 para o Atlético-PR na Arena Joinville naquela oportunidade decretou o segundo rebaixamento do clube à Série B. Desta vez, ao invés de tristeza, o sentimento do torcedor após um jogo do time no estádio é o de esperança. A vitória por 2 a 1 sobre o Joinville neste domingo deixa o Vasco vivo na luta contra o rebaixamento, além de mandar o oponente para a segunda divisão.

O resultado deixa o Vasco com 37 pontos, apenas um a menos do que o Avaí, que é o primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Mas o clube de Florianópolis pode voltar a abrir distância maior porque ainda encara o Fluminense neste domingo. O Joinville, por sua vez, fica com 31 pontos e não tem mais como escapar da queda nas duas últimas rodadas.

Os dois gols do Vasco foram anotados por Nenê e Riascos antes dos 15 minutos de jogo. O que parecia ser uma vitória tranquila ficou seriamente ameaçada nos instantes finais da partida. Isso porque os mandantes descontaram com Rafael Donato aos 37 do segundo tempo e criaram chances para igualar. Mas não conseguiram, para a tristeza dos seus torcedores e alívio dos vascaínos.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo. O Vasco continua a luta contra o rebaixamento dentro de casa, diante do Santos. Já o Joinville, que agora só cumpre tabela no Brasileiro, vai visitar o Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA
JOINVILLE X VASCO

Data: 22 de novembro de 2015
Horário: 17h (de Brasília)
Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e José Javel Silveira (RS)
Cartões amarelos: Rafael Donato, Domingues, Lucas Crispim, Kempes, Anselmo (Joinville); Riascos, Luan, Bruno Gallo (Vasco)
Cartão vermelho: Lucas Crispim (Joinville)
Gols: Nenê (Vasco), aos 6 do 1º tempo; Riascos (Vasco), aos 11 do 1º tempo; Rafael Donato (Joinville), aos 37 do 2º tempo

Joinville: Agenor; Mario Sérgio, Rafael Donato, Domingues e Diego; Danrlei, Anselmo, Kadu (Lucas Crispim), Ítalo (Marcelinho Paraíba) e Fernando Viana (Edigar Junio); Kempes
Técnico: Paulo César Gusmão

Vasco: Martin Silva; Madson (Bruno Gallo), Luan, Rafael Vaz e Julio Cesar; Diguinho (Aislan), Serginho, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Julio dos Santos)
Técnico: Jorginho 

UOL


notícias relacionadas