WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aliquam dapibus leo quis nisl. In lectus. Vivamus consectetuer pede in nisl. Mauris cursus pretium mauris. Suspendisse condimentum mi ac tellus. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Donec sed enim. Ut vel ipsum. Cras consequat velit et justo. Donec mollis, mi at tincidunt vehicula, nisl mi luctus risus, quis scelerisque arcu nibh ac nisi. Sed risus. Curabitur urna. Aliquam vitae nisl. Quisque imperdiet semper justo. Pellentesque nonummy pretium tellus.

Menu de navegação

/ Esportes / Futebol

9/1/14 - 5:38 PM


MP dá prazo para CBF e STJD esclarecerem queda da Portuguesa


Entidades têm dez dias para darem informações sobre o caso que rebaixou a Lusa à Série B do Brasileiro. O clube, por sua vez, tem audiência marcada para o dia 22

O Ministério Público instaurou na última quarta-feira um inquérito civil contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo caso do rebaixamento da Portuguesa. As entidades agora terão dez dias para prestarem esclarecimentos do ocorrido.

Agora, o MP investigará se há elementos suficientes para abrir uma ação. O primeiro passo para a apuração das informações já está dado.

A CBF foi notificada para apresentar uma manifestação escrita, acompanhada do seu estatuto e dos documentos referentes ao jogo entre Portuguesa e Grêmio, válido pela última rodada do Campeonato Brasileiro - partida na qual o jogador da equipe rubro-verde teria entrado irregular. O presidente do STJD também foi notificado a prestar informações pertinentes ao caso.

A Portuguesa, por sua vez, terá de comparecer a uma audiência, marcada para o próximo dia 22, às 15h, para prestar esclarecimentos, trazendo documentos alusivos ao caso tratado na portaria.

O promotor de Justiça do Consumidor, Roberto Senise, alegou que o Estatuto do Torcedor - que é uma lei federal - foi desreipeitado no caso que condenou o clube do Canindé a perder quatro pontos pela irregularidade do meia Héverton, na última rodada da competição,

contra o Grêmio. Com a decisão do STJD, a Lusa foi rebaixada para a Série B. Quem se deu bem com isso foi o Fluminense, que permaneceu na Primeira Divisão.

Caso a ação seja registrada pelo Ministério Público, os indiciados poderão recorrer.

Lance Net
WSCOM Online







Revista Nordeste

Veja nesta edição: Quanto custa e quem financia as campanhas.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites