Publicidade
Por que Lula cresce tanto, mesmo em meio ao massacre desumano da Globo?

Os setores conservadores nutridos por parte da classe média brasileira andam em.pânico com todas as avaliações produzidas por institutos de Opinião Pública no País dando a Lula vitória no confronto com todos os demais nomes citados, inclusive a "nova" alternativa - o prefeito de São Paulo, João Dória.

Até o Ibope, instituto acostumado a manipular dados, também corrobora com a projeção de Lula vencendo até no primeiro turno.

CAUSAS E EFEITOS

Há que considerar o fenômeno da ultrapassagem de barreira e controle da informação mantida pela Grande Midia.

Os indicadores provam que, apesar da manipulação e tendencionismo da Grande Midia, em especial a Rede Globo, a sociedade já gera convicção de que Lula e seu entorno são vítimas do grande Acordo para alijar Lula é o PT.

Além do.mais o Recall dos efeitos de Lula quando presidente elevando a participação de camadas sociais no acesso às cidadania, em especial ao dinheiro , começa a se manifestar diante do Governo Temer impopular e atolado de ministros acusados decorrupção.

Isto é fácil de comprovar: apesar do massacre desumano , o PT é o partido que registra crescimento.

A síntese é: está clara a tomada de assalto do Governo por uma elite politica, aí sim, envolvida em desvios de dinheiro.
É a sociedade percebe isso a cada momento.

E isto só é possível pela disseminação da informação pelos outros canais de comunicação e as redes sociais.

MORO, O CARRASCO CONVOCADO

Mesmo com Documentos comprovando a inexistência de dolo de Lula na.questao do triplex e do sítio, o juiz Sérgio Moro se mantém a serviço da inquisição, menos da Justiça, disposto a criar mais dificuldades para Lula não ser candidato.

Esta é a sua principal missão, se possível com constrangimento da tentada e abortada prisão.

Mas Moro não está acima da Lei, como ele presume, porque vem a caminho uma forte reação de setores jurídicos desalinhados do Esquemão para frear os absurdos cometidos por Moro.

É uma questão apenas de tempo.

20/04/2017 as 09:28